Busca de exames

Angiografia

O que é

Também chamado de angiografia fluoresceínica ou retinografia fluorescente.
Mostra a circulação de sangue da retina (fundo de olho).

Quando é indicado

A angiografia é uma das melhores técnicas de avaliação das estruturas do fundo de olho.
Ajuda no diagnóstico e no acompanhamento de doenças da retina, como no caso da degeneração macular relacionada à idade (DMRI) e na retinopatia diabética.

Como é feito

A pupila do paciente é dilatada com o uso de colírios.
Após, um corante é injetado no paciente, e este brilha na circulação do fundo do olho ao ser iluminado pelo aparelho.
São obtidas fotografias digitais da circulação do corante. Estas imagens recebem tratamento digital

Características

aplicação de um corante (Fluoresceína) endovenoso no paciente. Não é contraste, não é iodo!
A luz nos olhos é intensa, sendo necessária a colaboração.
A visão pode ficar nublada de 2 a 4 horas após a dilatação.
Pode haver dificuldade para leitura nas primeiras horas após o uso dos colírios.
Sensibilidade à luz nas primeiras horas após o uso dos colírios.
A pele fica amarelada no primeiro dia.

Recomendações

Trazer óculos solar para uso após o exame.
Vir acompanhado.
Não dirigir após o exame.
Caso tenha realizado, trazer os exames anteriores.

Duração

Em torno de uma hora e trinta minutos.
Principalmente pela necessidade de dilatar as pupilas

Avaliação das Vias Lacrimais

 

O que é

Teste da permeabilidade da via lacrimal – via que escoa a lágrima do olho.

Quando é indicado

Para diagnosticar obstruções de via lacrimal, em pacientes com lacrimejamento.
Feito através de sondagem e irrigação. Determina se há obstrução e o local da obstrução da via lacrimal.

Como é feito

Através de uma delicada cânula, aplica-se soro no ponto lacrimal, localizado no canto medial das pálpebras.

Características

Sem dilatação pupilar.
Indolor, pode ser desagradável o pequeno fluxo de líquido no nariz.
Pode ser feito em consulta de rotina.
Uso de colírio anestésico.
Não altera a visão.

Biomicroscopia

 

O que é

Exame em lâmpada de fenda, espécie de microscópio que avalia em grande aumento o olho (pálpebras, conjuntiva, córnea, câmara anterior, cristalino, vítreo, retina).

Quando é indicado

Em todas as consultas oftalmológicas.
Ajuda no diagnóstico e no acompanhamento de uma série de patologias que envolvem a parte anterior do olho e a superfície externa do olho como no caso das conjuntivites, das infecções (uveítes), da catarata, das úlceras de córnea, entre outros.

Como é feito

O paciente posiciona o queixo e a testa a é solicitado para olhar em uma determinada direção. O médico avalia através de um microscópio com grande aumento as estruturas do olho.

Características

Sem dilatação pupilar.
Indolor.
Luz forte nos olhos.
Feito em consulta de rotina.
Não altera a visão.

Campo Visual

 

O que é

Também chamado de campimetria visual ou campimetria computadorizada.
Avalia o campo de visão – testa a sensibilidade luminosa em diversos pontos da retina

Quando é indicado

A avaliação do campo visual é essencial no glaucoma. Várias estratégias permitem ao oftalmologista avaliar a sensibilidade do campo visual e, mais importante, compara-la através do tempo. Assim, todo o campo visual deve, além de retratar a situação naquele momento, servir de base para exames futuros. Os aparelhos mais modernos armazenam os exames anteriores, comparando-os com o atual e apresentando sua variação.
Diagnostica e monitora o glaucoma.
Avalia doenças neurológicas, do nervo óptico e da retina.

Como é feito

O paciente sentado apóia o queixo em frente a cúpula do aparelho e fixa um ponto central. Observa pontos luminosos piscarem em seu campo de visão. Através de um botão registra sempre que percebe um estímulo luminoso.
O exame é repetido para os dois olhos

Características

Importante a cooperação do paciente, apertando o botão ao ver a luz. Os erros e a dúvida são comuns, mas o aparelho testa várias vezes o mesmo ponto para melhorar o resultado do exame.
Não requer o uso de colírios.
Indolor e sem contato com os olhos.

Recomendações

Trazer as receitas ou os óculos de uso habitual.
Caso já tenha realizado, trazer os exames anteriores.

Duração

Aproximadamente 40 minutos.

Ceratometria Computadorizada

 

O que é

Medida automática das curvaturas anteriores do centro da córnea.

Quando é indicado

Excelente para caracterizar o grau de astigmatismo nos olhos, definindo o seu grau e eixo (quanto e em que posição é o astigmatismo).
Facilita e aumenta a precisão da receita de óculos.
Detecta algumas doenças como, por exemplo, o ceratocone.
Essencial para uma adaptação de lente de contato personalizada.

Como é feito

É realizado num aparelho automático que mede uma área em torno de 3 mm, sem contato, enquanto o paciente observa uma figura.

Características

Sem dilatação pupilar.
Indolor.
De fácil execução.
Feito em consulta de rotina.
Não altera a visão.

Recomendações

Não usar lentes de contato no dia do exame (converse com seu oftalmologista para estabelecer o tempo exato).

Conferência de Óculos

 

O que é

Exames realizados para conferir se os óculos estão confeccionados conforme a receita médica. Além disso, com eles podemos avaliar a qualidade das lentes, o padrão da montagem dos óculos, presença de proteção UV, tratamento anti-reflexo, marca e modelo das lentes, espessura das lentes e defeitos como arranhões.

Quando é indicado

Em todos os pacientes que desejem trazer seus óculos para revisar.
Sempre que houver dificuldade de adaptação aos óculos.

Como é feito

Lensômetro Automático: conferência computadorizada do grau dos óculos.
Lensômetro Manual: medida do grau manualmente, em casos onde o automático não determine de forma adequada o grau.
Detector anti-UV: avaliação da proteção contra raios ultra-violeta (UV) das lentes dos óculos.
Ativador de Fotocromático: avaliação da presença de tratamento fotocromático – lentes que escurecem ao serem expostas a radiação UV.
Especímetro: medida da espessura das lentes dos óculos.
Pal –ID: avaliação das marcações dos óculos, para identificar a marca e o modelo da lente

Características

Exame realizado nos óculos.
Feito em consulta de rotina.
Trazer os óculos e a receita.

Curva de Pressão Intra-Ocular

 

O que é

Também chamado de Curva Tensional Diária

Avaliação da variação da Pressão Intra-Ocular (PIO) durante o dia. Feita através de medidas da PIO em diferentes horários.

Quando é indicado

Importante em casos suspeitos de glaucoma.
Importante em alguns casos de glaucoma, onde se sabendo a variação diária da pressão, o tratamento pode ser personalizado.

Como é feito

Após a aplicação do colírio anestésico e de fluoresceína para corar a lágrima, toma-se a medida da PIO na superfície do olho

Características

Sem dilatação pupilar.
Indolor.
De fácil execução.
Uso de colírio anestésico.
Necessita de várias medidas ao longo do dia.
A pessoa pode ausentar-se da clínica entre as medidas.
Não altera a visão

Duração

Em torno de05 minutos para cada medida.
O exame completo leva o dia inteiro

Dilatação Pupilar

 

O que é

Método que permite uma série de exames em Oftalmologia.
Permite melhorar o exame do cristalino e de partes posteriores dos olhos, como a retina.
Também possibilita a medida do grau sem a interferência da acomodação dos olhos.

Quando é indicado

Quando se deseja estudar todas as alterações da retina e do vítreo, detectando suas possíveis alterações

Como é feito

A pupila do paciente é dilatada com o uso de colírios. O tempo necessário varia de acordo com características como idade, cor da íris e doenças

Características

Indolor, mas a luz nos olhos é intensa, sendo necessária a colaboração.
A visão pode ficar nublada de 2 a 4 horas após a dilatação.
Pode haver dificuldade para leitura nas primeiras horas após o uso dos colírios.
Sensibilidade à luz nas primeiras horas após o uso dos colírios.

Recomendações

Trazer óculos solar para uso após o exame.
Vir acompanhado.
Não dirigir após o exame.
Caso já tenha realizado, trazer os exames anteriores.

Duração

Em torno de uma hora, principalmente pela necessidade de dilatar as pupilas.

Ecobiometria

 

O que é

Também chamado de biometria ultra-sônica.

Mede o tamanho do olho através do emprego do ultra-som.

Quando é indicado

Sua grande utilização é na determinação do grau da lente que será implantada no olho durante a cirurgia de catarata, minimizando o uso de óculos no pós-operatório. A precisão depende da qualidade do aparelho e da execução cuidadosa do exame.
Outra utilização que deve ser lembrada é na miopia maligna, pois tem um importante papel no acompanhamento do crescimento do globo ocular

Como é feito

Há duas técnicas possíveis – a técnica de contato e a de imersão - ambas sob anestesia local (colírio anestésico).
Na primeira uma delicada sonda toca no olho e a segunda técnica a sonda é mergulhada em um pequeno recipiente com soro encostado no olho.

Características

Sem dilatação pupilar.
Indolor com o uso de colírio anestésico.
De fácil execução para o paciente.
Não altera a visão.

Recomendações

Não usar lentes de contato no dia do exame (converse com seu oftalmologista para estabelecer o tempo exato).

Duração

Em torno de 20 minutos.

Ecografia Ocular

 

O que é

Também chamado de ultra-sonografia ocular.
Avaliação do interior do olho através de ultra-som

Quando é indicado

É utilizada principalmente para avaliar o segmento posterior do olho em situações em que não é possível um exame de fundo de olho adequado.
Especialmente indicado em infecções e em catarata, onde não se pode visualizar o interior do olho.
Também é útil para avaliar o crescimento de lesões no fundo do olho e na órbita. Ajuda a diagnosticar a causa do descolamento de retina e as suas características.

Como é feito

Com o paciente deitado e de olhos fechados, encosta-se uma pequena sonda envolta por gel sobre as pálpebras do paciente.

Características

Não requer o uso de colírios.
Indolor.
De fácil execução para o paciente.
Não altera a visão.

Recomendações

Caso já tenha realizado, trazer os exames anteriores

Duração

Em torno de 20 minutos.

Atendimento personalizado

Você recebe atenção personalizada desde o agendamento até o confortável processo de recuperação

Você recebe atenção personalizada desde o agendamento até o confortável processo de recuperação

Para agendar consultas e exames, ligue para 3217-2700 de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas ou a qualquer momento: Agenda online

Rua Jangadeiros Alagoanos, 1163, Pajuçara, Maceió-AL, CEP: 57.030-000, Tel: (82) 3217-2700

Contato

Galeria de fotos